Inglês tem barcos

 Brasil, país com mais de 200 milhões de cidadãos com uma cultura rica e um único idioma.

Brasil, país continental. Mais de 200 milhões de cidadãos com uma cultura rica e um  único  idioma comum à todos. Temos o pulmão do mundo, grande parte da água doce do   planeta, uma das maiores economias globais e ainda somos  reconhecidos internacionalmente por boas e más razões. 

Somos um país grande e forte, o que faz, com que muitos de nós, passemos à vida  mergulhados dentro das nossas fronteiras, sem às vezes nos darmos conta das  oportunidades que perdemos ao não nos conectarmos com outras nações. 

 Há países dispostos a oferecer bolsas de estudo ou pesquisa. Há empresas multinacionais com capital para investir em projetos locais. Há várias e boas ideias capazes de ganhar novos mercados.

O que muitas vezes impede que façamos isso acontecer é a falta de comunicação. E, ao falar de comunicação, podemos fazer a seguinte divisão: o inglês e os outros idiomas. 

Você pode achar o português romântico, francês chique, italiano sensual, alemão preciso, mandarim difundido. Mas é o inglês que consideramos u-ni-ver-sal. 

Não há melhor forma de aprender a cozinhar, que na cozinha. Ou aprender a desenhar, do que com papel e lápis. Da mesma forma, é vivenciando um país onde a língua nativa é o inglês que mais desenvolvemos o nosso conhecimento nessa língua. 

Aprender inglês pra valer, significa mais que apenas saber outro idioma. Com ele, abrimos um léque de possibilidades de comunicação. Passamos à obter informação diretamente de diferentes fontes. Começamos a tratar de assuntos com pessoas de qualquer lugar do mundo, ainda que em países cujo idioma oficial não é o inglês. Conquistamos a liberdade de expressar nossos pensamentos para além dos 273 milhões de falantes de português atualmente. 

Comunicar-se bem é sinônimo de promoção no atual trabalho, é promessa de trabalho mais rentável, é a possibilidade de se encontrar mais facilmente alguém que compartilha das suas idéias e está disposto a investir junto com você. 

Uma vez um aluno perguntou para um professor de inglês porque esse idioma está por toda parte e o professor, poeticamente, respondeu: “porque ele tem barcos”. Esse professor é meu amigo e é leigo em assuntos do setor portuário, mas um especialista em aonde podemos chegar com a comunicação universal.

 

Filipe Paiva Autor: Filipe Paiva

 Criador do Guia MPB “Melbourne para Brasileiros”.

 Student Services da Agência de Intercâmbio | TIME2 TRAVEL”.

 

 

 E-mail de contato: contato@melbourneparabrasileiros.com

 Website: www.melbourneparabrasileiros.com

Deixe seu comentário

Comentários:

Leia também:

Enquete


Gostou do novo Site do Jornal Portuário





videos