Canal de Suez prolonga descontos a VLCCs até final do ano

Canal de Suez prolonga descontos...

Depois dos graneleiros de sólidos, é a vez dos superpetroleiros verem prolongados até ao final do ano os descontos concedidos pelas autoridades do Canal de Suez, com o objectivo de competir com a rota do Cabo da Boa Esperança.

A Autoridade do Canal de Suez (ACS) decidiu estender os descontos pela passagem no canal atribuídos aos navios tanque com porte bruto (deadweight tonnage, ou dwt) entre 200 mil e 400 mil toneladas (os chamados very large crude carriers, ou VLCCs) até ao final deste ano, para atrair navios cuja alternativa seja contornar o Cabo da Boa Esperança, refere o World Maritime News.

A medida é aplicável a VLCCs provenientes do Golfo Arábico ou da zona das Caraíbas numa viagem pelo canal após a descarga de parte da mercadoria no oleoduto da SUMED (situado no Egipto e que liga o Golfo do SUez ao MEDiterrâneo). Em causa estão facilidades concedidas aos VLCCs com mais de 250 mil dwt em Junho de 2016 por um período de seis meses, posteriormente prolngadas até ao final de 2017 e agora até ao final de 2018.

Esta medida surge na sequência de outra decisão recentemente tomada pela ACS, no sentido de prolongar descontos concedidos em Abril de 2017 aos graneleiros de sólidos até ao fim de 2018. Estas medidas podem estar a surtir algum efeito. De facto, em 2017, conforme já aqui demos conta, o tráfego marítimo no Canal de Suez aumentou 4,6% face a 2016 (+ 7,1% em tonelagem líquida) e as receitas cresceram 5,6% (totalizaram 4,3 mil milhões de euros).

 

Fonte: Jornal da Economia do Mar

Deixe seu comentário

Comentários:

Leia também:

Enquete


Gostou do novo Site do Jornal Portuário





videos