Governo quer alargar Zona Piloto para renováveis oceânicas

Governo quer alargar Zona Piloto para renováveis oceânicas...

No Conselho de Ministros de ontem, entre outras decisões, o Governo decidiu alterar o regime jurídico da Zona Piloto para as energias renováveis offshore e propor o Almirante Silva Ribeiro como futuro CEMGFA.

O Governo aprovou ontem em Conselho de Ministros uma resolução que define medidas destinadas à actualização do regime jurídico da Zona Piloto para energias renováveis oceânicas. Segundo comunicado oficial, o objectivo é viabilizar o projecto Windfloat de energia eólica offshore, “que implica o alargamento do âmbito da Zona Piloto”.

Na mesma sessão de Conselho de Ministros, o Governo também aprovou uma deliberação que propõe ao Presidente da República a nomeação do actual Chefe do Estado-Maior da Armada, Almirante Silva Ribeiro, como Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas (CEMGFA), na linha do que o nosso jornal já tinha antecipado.

Recorde-se que o mandato do actual CEMGFA, General Pina Monteiro, termina no dia 1 de Março de 2018, data em que atinge os 66 anos de idade e passará à reforma, por força do Estatuto dos Militares das Forças Armadas.

 

 

Fonte: Jornal da Economia do Mar

Deixe seu comentário

Comentários:

Leia também:

Enquete


Gostou do novo Site do Jornal Portuário





videos